segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Uma derrota mais do que esperada




Ontem foi o jogo mais esperado do pré-olímpico de basquete. O Brasil de Lula Ferreira enfrentaria os extraterrestres dos Estados Unidos. Com contra-ataques supersônicos, os caras arrebentaram com todos Venezuela, Ilhas Virgens e Canadá ainda no primeiro quarto. Depois de maus resultados em Atenas e no último mundial, os norte-americanos resolveram levar, de novo, os seus melhores jogadores. Que é pra dizer quem manda no cenário mundial.

E o Brasil até que deu trabalho no primeiro tempo. Com uma defesa sólida, dificultava bastante o trabalho de feras como Kobe Bryant - que passou o jogo inteiro na sombra de Leandrinho - Carmelo Anthony, Lebron James e Jason Kidd. Fechou a etapa apenas dezenove pontos atrás.

Mas, no segundo, a eterna instabilidade brasileira falou mais alto. E, contra as feras, isto é mortal. E aí, o time brasileiro foi jantado de garfo e faca: 113 a 76.

É bom que se diga que esta era uma derrota mais do que esperada, que não pode ter impacto destrutivo sobre a equipe. Porque há apenas uma vaga olímpica em jogo - uma já é dos ianques. Alguma dúvida disso?

E os jogos-chave, na segunda fase, são contra Argentina e Porto Rico - esses, sim, os maiores adversários brasileiros. Já o Canadá, embora não possa ser totalmente descartado, se mostra bastante enfraquecido com a ausência do sensacional Steve Nash.

Torçamos para que essa ótima equipe não perca o foco. Porque o passaporte a Pequim é um troféu difícil de ser conquistado. Mas bastante possível.

Um comentário:

Filipe disse...

e pois é...parece que o caldo desandou mesmo para nós...

pior que agora o Brasil ficará em 4° nessa bagaça...

e 4º e último é a mesma merda...
UAHUAHUAHAUAHAUHAUAHAUAHUAHAUA

e uma pergunta: Se eles são extraterrestres, Jordan é oq???